Pensamento ESPM

Graduação CISO

Ciências Sociais e do Consumo

O entendimento e a pesquisa em consumo ganham outros olhares com a criação do curso de Ciências Sociais e do Consumo. A nova graduação traz a proposta de entender o comportamento humano para o consumo, com estudos em âmbito individual e coletivo. A proposta inclui uma agenda contemporânea de temas como diversidade de gênero, de religião, sexualidade, formando profissionais conectados com o contexto de demandas sociais atuais. A ideia é tirar o consumo da periferia dos debates, transformando-o em um tema central nas salas de aula (PACCO UNDERHILL; ANTÔNIO DAMASIO; RICHARD DAWKINS).

 

Clique aqui para acessar o site do programa

Lentes

Ferramentas

Referências

ALBERTO Menezes, Carlos – A proteção do consumidor na sociedade da informação – vol. 346 – Ed. Forense

ARIELY, D. Previsivelmente Irracional. São Paulo: Campus Elsevier, 2008

CANCLINI, Néstor García. Consumidores e cidadãos: conflitos multiculturais da globalização. Tradução de Maurício de Santana Dias. 4a ed. Rio de Janeiro: UFRJ, 2008.

CARMO, Paulo Sérgio. Sociologia e sociedade pós-industrial. 2a ed. São Paulo: Paulus, 2011.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999. v. 1.

CHILDS, Marquis e Douglass Cater, tradução Sebastião Ferreira Chaves e Oswaldo de Araújo Souza – A ética de uma sociedade mercantil – Ed. Civilização Brasileira S/A – 1957

DAMÁSIO, A. O erro de Descartes: Razão, emoção e o cérebro humano. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

DEBORD Guy. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto 1997

GAZZANIGA, Michael S. HEATHERTON, Todd F. Ciência psicológica: mente, cérebro e comportamento. Porto Alegre: Artmed, 2005.

GRAVES, Philip. Por Dentro da Mente do Consumidor. Rio de Janeiro: Ed. Elsevier, 2011.

HALL, Stuart. A identidade cultura na pós-modernidade. 10. ed. Rio
de Janeiro: DP&A, 2005.

HILL, Dan. Emotionomics. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 2010.

KLEIN, Naomi. Sem logo: a tirania das marcas em um planeta vendido. Tradução de Ryta Vinagrei. 4a ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Record, 2002. Título original: No logo: taking aim at te brand bullies.

LENT, R.(coord.). Neurociência da mente e do comportamento. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013.

LIEBERMAN, M. Social: Why our brains are wired to connect. New York: Crown Publishers, 2013.

LINDSTROM, Martin. A Lógica do Consumo. Verdades e Mentiras sobre Por que Compramos. Rio de Janeiro: Ed. Nova Fronteira, 2008.

MARTIN, Neale. Hábitos de Consumo. Rio de Janeiro: Ed. Elsevier, 2009.

MARTIN-BARBERO, Jesus. Dos meios às mediações. 6. Ed. Rio de Janeiro: UFRJ Editora, 2009.

MATOS, Olgária. A escola de Frankfurt – Luzes e Sombras do Iluminismo. 2. Ed. São Paulo. Editora Moderna, 2013.

MORIN, Edgar. A cabeça bem feita: repensar a reforma, reformar o pensamento; tradução Eloá Jacobina, 9. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 2004.

MORIN, Edgard. Cultura de massas no século XX: necrose. Tradução de Agenor Soares Santos – 3. Ed. –Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.

ORTIZ, Renato. A escola de Frankfurt e a questão da cultura. Diponível em: <http://www.anpocs.org.br/portal/publicacoes/rbcs_00_01/rbcs01_05.htm> Acesso em 13/02/14.

QUINTANEIRO, Tania; BARBOSA, Maria Ligia de oliveira: OLIVEIRA, Márcia Gardênia de. Um toque de clássicos: Marx, Durkheim, Weber. 2a ed. Belo Horizonte: UFMG, 2008.

RANDAZZO, Sal. A criação de mitos na publicidade: como publicitários utilizam o poder do mito e do simbolismo para criar marcas de sucesso. Rio de Janeiro: Rocco, 1997 (2007).

REEVE, J. Understanding motivation and emotion. 5th edition. New York: Wiley, 2009.

ROCHA, Everardo. Magia e Capitalismo: um estudo antropológico. São Paulo: Brasiliense, 1995.

ROSENFIELD, Denis – A liberdade de escolha. (acervo do Centro de Referência sobre Liberdade de Expressão CONAR/ESPM) . – Ed. Casa da Palavra, 2009

UNDERHILL, P. Vamos às Compras! A Ciência do Consumo nos Mercados Globais. Rio de Janeiro: Campus, 2009

VEBLEN, Thorstein. A teoria da classe ociosa. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1987.

VELHO, Gilberto. Um antropólogo na cidade: ensaios de Antropologia Urbana. 1. Ed. Rio de Janeiro. Zahar, 2013.